Alguns projetos da Casa de Marias abriram vagas remanescentes.

 

  • ONNIM
    Coordenadora: Beatriz MoreiraGrupo de estudos pensado para a discussão e visibilidade de epistemologias africanas no que tange a psicologia e a compreensão das relações humanas, os encontros possuem o objetivo de instrumentalizar a prática em psicologia com saberes africanos sobre as relações humanas, e ampliar os diálogos frente às diferentes formas de se relacionar dentro da atualidade. O grupo será dirigido por quatro psicólogas da Casa de Marias que possuem eixos plurais na condução de suas práticas. A travessia será composta por 4 encontros semanais de acordo com a disponibilidade das terapeutas, com duração de 2h a cada encontro, totalizando 8 horas de percurso, com emissão de certificado após a sua conclusão.Inscreva-se clicando aqui.
  • Grupo de Escuta Terapêutica para mulheres em situação de violência: Entre Mulheres
    Coordenadora: Stéphanie M. BarbozaO grupo de escuta terapêutica será destinado a mulheres que passam ou passaram por situações de violência física, psicológica, moral, sexual, patrimonial e econômica. Por ter uma dinâmica de atendimento em grupo alguns encontros terão temáticas estabelecidas (maternidade, relacionamentos, trabalho, etc) para que possamos refletir de forma conjunta sobre o que será proposto e também dar lugar para a demanda que o próprio grupo possa identificar. Os encontros aconteceram de forma semanal, tendo duração de 1h30 , totalizando 8 encontros (2 meses).Inscreva-se aqui.
  • Pra começo de conversa: periferias, infâncias e racismos – o que temos a ver com isso?
    Coordenadora: Camila GenerosoCada edição do mini-curso será composto de 4 aulas com duração aproximada de 2 horas cada, as sextas-feiras. Em cada edição do curso, serão apresentados os seguintes conceitos e noções: Racismo estrutural; Efeitos psicossociais do racismo em crianças e adolescentes; Práticas de promoção de saúde mental junto à população negra e periférica; Práticas de educação antirracista; Descobrir-se negra: a criança nos espaços públicos; Culturas periféricas; Branquitude crítica.

    Inscreva-se aqui.

  • Vamos cuidar do nosso sexo? Conversando sobre sexualidades e feminilidades
    Coordenadora: Daphne Oliveira SoaresA proposta visa a realização de encontros entre mulheres para conversar sobre temas pertinentes às nossas sexualidades e feminilidades. Cada encontro se compõe de um módulo temático com o objetivo de fortalecer nossos conhecimentos sobre nós, nossa saúde sexual, nossos direitos, questões relacionadas à sexualidade, ao ser mulher, os cuidados e compreensões com a nossa subjetividade, diante uma sociedade marcada pelos atravessamentos do machismo, do racismo, do sexismo, das LGBTfobias e dos tabus em torno da nossa sexualidade.Inscreva-se aqui.

Todos os encontros serão realizados na modalidade online.
Parte das iniciativas são fomentadas pela Fundação Tide Setubal.

Vem com a gente!